2016/01/28

Sicoob credita R$ 562 milhões na conta dos cooperados

Pagamento é referente à remuneração de juros ao Capital Social

O Sicoob, maior sistema cooperativo de crédito do país, remunerou em R$ 562 milhões o capital social dos associados. Deste total, R$ 60,9 milhões foram creditados direto na conta corrente, gerando recursos imediatos para os cooperados.  O valor repassado é calculado com base na taxa Selic.

O Capital Social é parte do patrimônio de uma cooperativa de crédito e é composto pelo somatório de todas as quotas-partes dos associados. A quota-parte é uma quantia em dinheiro que os cooperados depositam no momento em que entram na instituição. Este recurso é o que confere solidez à cooperativa.

“Além de oferecer aos cooperados uma movimentação menos onerosa, o Sicoob tem a força de remunerar bem o capital de seus cooperados e distribuir resultados. Os associados recebem também anualmente a distribuição das sobras, que equivale ao lucro dos bancos, do exercício da cooperativa, pago após deliberação em assembleia”, explica o presidente do Sicoob, Henrique Castilhano Vilares.

Vantagens do Capital Social

A remuneração ao capital representa um dos diferenciais competitivos da cooperativa. Os resultados financeiros que, nas instituições financeiras convencionais, vão direto para os acionistas, nas cooperativas é compartilhado com os cooperados.
Para a cooperativa, o Capital Social confere um fortalecimento do patrimônio líquido e a expansão da instituição. É uma fonte de recurso que possibilita aos associados obterem linhas de crédito com prazos maiores de pagamento e juros mais atrativos. Além disso, representa estabilidade financeira e segurança.
 
Sobre o Sicoob

O Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) possui mais de 3,1 milhões de cooperados em todo o país e está presente em 25 estados brasileiros e no Distrito Federal. É composto por cooperativas singulares, cooperativas centrais e a Confederação Nacional das Cooperativas do Sicoob (Sicoob Confederação). Integram, ainda, o Sistema, o Banco Cooperativo do Brasil (Bancoob) e suas subsidiárias (empresas de: cartões, consórcios, DTVM, seguradora, previdência) provedoras de produtos e serviços especializados para cooperativas financeiras. A rede Sicoob é a sexta maior entre as instituições financeiras que atuam no país, com mais de 2,3 mil pontos de atendimento. As cooperativas oferecem aos associados serviços de conta corrente, crédito, investimento, cartões, previdência, consórcio, seguros, cobrança bancária, adquirência de meios eletrônicos de pagamento, dentre outras soluções financeiras. Ou seja, o Sistema dispõe de um amplo e moderno portfólio de produtos e serviços de natureza bancária.

http://cooperativismodecredito.coop.br/2016/01/sicoob-credita-r-562-milhoes-na-conta-dos-cooperados/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+CooperativasDeCreditoNoBrasilENoMundo+%28Portal+do+Cooperativismo+Financeiro%29

Em Campos dos Goytacazes (RJ):  www.sicoobcredrionorte.com.br

2016/01/26

Rio registra quase 4 mil casos suspeitos de dengue em janeiro

Rio - O Estado do Rio de Janeiro registrou 3.954 suspeitos de dengue neste mês, de acordo com a Superintendência de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da Secretaria de Estado de Saúde. Divulgado nesta terça-feira, o relatório analisou os números de 1º de janeiro até esta segunda-feira. De acordo com o levantamento, não houve nenhuma morte.
No mesmo período do ano passado, a Secretaria havia registrado 2.584 casos suspeitos da doença, enquanto durante o ano inteiro houve 69.516 casos e com 23 mortes: Barra Mansa (1), Campos dos Goytacazes (4), Itatiaia (1), Miracema (1), Paraty (2), Piraí (1), Porto Real (2), Quatis (1), Resende (8),  Volta Redonda (1) e Rio de Janeiro (1).

http://odia.ig.com.br/noticia/rio-de-janeiro/2016-01-26/rio-registra-quase-4-mil-casos-suspeitos-de-dengue-em-janeiro.html

Campos dos Goytacazes apontada entre as 50 cidades mais violentas do mundo

Brasil tem 21 cidades em ranking das 50 mais violentas do mundo; veja lista

ONG faz cálculo com base em dados de taxas de homicídio em 2015.
Lista inclui cidades com 300 mil habitantes ou mais e exclui áreas de guerra.

O Brasil é o país com o maior número de cidades entre as mais violentas do mundo em 2015, de acordo com um ranking internacional publicado nesta segunda-feira (25) por uma ONG mexicana. Das 50 cidades com maior taxa de homicídios por 100 mil habitantes em 2015, 21 são brasileiras.

A lista, divulgada anualmente pelo Conselho Cidadão para a Segurança Pública e a Justiça Penal, leva em conta o número de homicídios por 100 mil habitantes e inclui apenas cidades com 300 mil habitantes ou mais. Foram excluídos países que vivem “conflitos bélicos abertos”, como Síria e Iraque.

Apesar de o Brasil ser o país com mais representantes, o maior índice de violência foi detectado nas cidades da Venezuela. A taxa média brasileira foi de 45,5 homicídios por 100 mil habitantes e a venezuelana, de 74,65. Caracas, capital do país, lidera o ranking geral, com 119,87 homicídios dolosos para cada 100 mil habitantes.

Primeiro lugar por 4 anos seguidos, San Pedro Sula, em Honduras, conseguiu reduzir o número de homicídios e passou para o segundo lugar. San Salvador, capital de El Salvador, ficou em terceiro.

Das cidades brasileiras, a primeira a aparecer é Fortaleza, em 12º lugar. Em seguida vem Natal, em 13º, Salvador e região metropolitana, em 14º, e João Pessoa (conurbação), em 16º.

Belo Horizonte, que figurava na lista do ano anterior, desta vez não apareceu. O contrário aconteceu com 3 cidades brasileiras, que estavam fora da lista de 2014, mas entraram na de 2015:  Feira de Santana (27º), Vitória da Conquista (36º) e Campos dos Goytacazes (39º).

Também aparecem Maceió (18º lugar), São Luís (21º), Cuiabá (22º), Manaus (23º), Belém (26º), Goiânia e Aparecida de Goiânia (29º), Teresina (30º), Vitória (31º), Recife (37º), Aracaju (38º), Campina Grande (40º), Porto Alegre (43º), Curitiba (44º) e Macapá (48º).

Das 50, 41 ficam na América Latina: 21 no Brasil, 8 na Venezuela, 5 no México, 3 na Colômbia, 2 em Honduras, uma em El Salvador e uma na Guatemala. Outros países com cidades na lista foram África do Sul, Estados Unidos e Jamaica.

O estudo é feito com base em dados oficiais ou de fontes alternativas, como ONGs. A metodologia é
explica, país por país, neste link.

AS CIDADES MAIS VIOLENTAS DO MUNDO, SEGUNDO O RANKING

1° - Caracas (Venezuela) - 119.87 homicídios/100 mil habitantes
2° - San Pedro Sula (Honduras) - 111.03
3° - San Salvador (El Salvador) - 108.54
4° - Acapulco (México) - 104.73
5° - Maturín (Venezuela) - 86.45
6° - Distrito Central (Honduras) - 73.51
7° - Valencia (Venezuela) - 72.31
8° - Palmira (Colômbia) - 70.88
9° - Cidade do Cabo (África do Sul) - 65.53
10° - Cali (Colômbia) - 64.27
11° - Ciudad Guayana (Venezuela) - 62.33
12° - Fortaleza (Brasil) - 60.77
13° - Natal (Brasil) - 60.66
14° - Salvador e região metropolitana (Brasil) - 60.63

15° - ST. Louis (Estados Unidos) - 59.23
16° - João Pessoa; conurbação (Brasil) - 58.40
17° - Culiacán (México) - 56.09
18° - Maceió (Brasil) - 55.63
19° - Baltimore (Estados Unidos) - 54.98
20° - Barquisimeto (Venezuela) - 54.96
21° - São Luís (Brasil) - 53.05
22° - Cuiabá (Brasil) - 48.52
23° - Manaus (Brasil) - 47.87

24° - Cumaná (Venezuela) - 47.77
25° - Guatemala (Guatemala) - 47.17
26° - Belém (Brasil) - 45.83
27° - Feira de Santana (Brasil) - 45.50

28° - Detroit (Estados Unidos) - 43.89
29° - Goiânia e Aparecida de Goiânia (Brasil) - 43.38
30° - Teresina (Brasil) - 42.64
31° - Vitória (Brasil) - 41.99

32° - Nova Orleans (Estados Unidos) - 41.44
33° - Kingston (Jamaica) - 41.14
34° - Gran Barcelona (Venezuela) - 40.08
35° - Tijuana (México) - 39.09
36° - Vitória da Conquista (Brasil) - 38.46
37° - Recife (Brasil) - 38.12
38° - Aracaju (Brasil) - 37.70
39° - Campos dos Goytacazes (Brasil) - 36.16
40° - Campina Grande (Brasil) - 36.04

41° - Durban (África do Sul) - 35.93
42° - Nelson Mandela Bay (África do Sul) - 35.85
43° - Porto Alegre (Brasil) - 34.73
44° - Curitiba (Brasil) - 34.71

45° - Pereira (Colômbia) - 32.58
46° - Victoria (México) - 30.50
47° - Johanesburgo (África do Sul) - 30.31
48° - Macapá (Brasil) - 30.25
49° - Maracaibo (Venezuela) - 28.85
50° - Obregón (México) - 28.29

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2016/01/brasil-tem-21-cidades-em-ranking-das-50-mais-violentas-do-mundo.html

Militar da Abin denuncia: arapongas grampeiam quem investiga a Lava Jato pelo MPF

Do blog do Cláudio Tognolli

"Quando em seus primeiros quatro anos de governo, o ex-presidente Lula se reunia, todos os dias, ao meio dia e meia, religiosamente, com o seu então chefe da Casa Civil, ministro José Dirceu, e com o chefe do Gabinete de Segurança Institucional, o general Jorge Félix.
 
A pauta constante de todas as reuniões era: como pautar a Abin, a nossa agência de inteligência, a vacinar o governo contra denúncias.
 
Mas pelo menos devemos a Zé Dirceu o maior fogo amigo que o PT já produziu.
 
O PTB de Roberto Jefferson não precisava tanto da grana do Mensalão. O partido tinha em mãos os cargos nos Correios. Livres assim, foram alvos de José Dirceu: que ordenou que a Abin plantasse provas contra o PTB para poder garrotear o partido ao PT.
 
É do conhecimento público que Jairo Martins era um “empregado” da quadrilha de Carlinhos Cachoeira. Recebia R$ 5 mil mensais e tinha a função de cooptar policiais e também levantar informações que pudessem prejudicar os negócios do grupo. Em 2005, na crise do Mensalão, Jairo Martins depôs no Congresso  e disse que gravou a fita com Maurício Marinho por “patriotismo”.
 
Não se sabe, ainda, se Cachoeira estaria por trás da denúncia.
 
Em seus primeiros quatro anos de governo, Lula usava a Agência Brasileira de Inteligência para obter antecipadamente informações de corrupção.
 
 
Pois bem: essas práticas continuam. Arapongas são pagos com nosso dinheiro para proteger as ilicitudes do governo.
 
Agora há uma nova denúncia.
 
Recebi nessa segunda-feira em São Paulo a visita do tenente-coronel André Soares, ex-oficial da Presidência da República lotado na Abin.
 
Ele gravou com este blogueiro uma frase curta e grossa: arapongas ligados ao serviço de informações estão grampeando procuradores que trabalham na Operação Lava Jato.
 
“Se o MPF me procurar eu vou depor com muito prazer”, dispara o tenente-coronel.
 
Escrevi um livro com ele. Veja o destaque dado pelo portal UOL.
 
 
André Soares já mereceu 8 páginas em Veja, revelando como o governo Lula usava a Abin para grampear jornalistas:
 
André Soares diz que não tem medo de se expor porque fala a verdade sempre."
 

2016/01/25

Flamengo reage, derrota o Corinthians nos pênaltis e conquista a Copa SP

O Corinthians caminhava para seu décimo título da Copa São Paulo de Futebol Juniores. O time alvinegro vencia por 2 a 0 na decisão desta segunda-feira. Mas o Flamengo reagiu de forma heroica no 2º tempo, empatou a partida por 2 a 2 e levou a decisão para as penalidades. Nas cobranças, o Fla venceu por 4 a 3 com grande atuação do goleiro Thiago, que defendeu duas cobranças.

O Flamengo conquistou o título (o seu terceiro na Copinha), mas deixou o campo revoltado com a arbitragem, que anulou gol legítimo do time carioca, quando a partida apontava 2 a 0 para os corintianos. O time da Gávea termina a competição de forma invicta, com oito vitórias em nove jogos.

A decisão da taça apresentou duas caras totalmente diferentes. O Corinthians mandou nos 45 min iniciais, abrindo 2 a 0. O Flamengo jogou em alta velocidade na etapa final e reequilibrou a partida.

O Flamengo da Copinha deixa bons valores. Oportunista na área, o atacante Felipe Vizeu pode funcionar como "sombra" de Guerrero no principal. Ágeis, os meio-campistas Paquetá e Matheus Sávio também surgem como opções para Muricy Ramalho no profissional. Thiago, Ronaldo e Cafu foram importantes no torneio.  

Para a decisão da Copinha, o Corinthians teve um observador ilustre no camarote do Pacaembu: Tite. A diretoria do clube paulista montou operação para que Tite chegasse em tempo ao jogo. O treinador chegou ao país nesta segunda de manhã após pré-temporada corintiana nos Estados Unidos. Tite foi direto do aeroporto para o Pacaembu.

Tite queria analisar alguns destaques do time na Copinha, entre eles o volante Maycon, que deve ser aproveitado no elenco principal.

Além de Maycon, o Timãozinho contou com outras peças importantes no torneio. Léo Jabá, Gabriel Vasconcelos e Matheus Pereira já integram o time de cima, embora com poucas oportunidades.

Danilo Lavieri
Do UOL em São Paulo


Após quatro meses de greve, médicos peritos do INSS retornam nesta segunda

Greve teve saldo de 1,3 milhão de segurados sem atendimento no Brasil inteiro. Postos no Rio já estão agendando

Rio - Os médicos peritos do INSS retomam as atividades nesta segunda-feira após quatro meses em greve em todo o país. Conforme levantamento que o DIA publicou na última terça-feira, no Rio de Janeiro, a espera pelo atendimento para solicitar o auxílio-doença, que antes levava até cinco meses foi antecipada para esta semana.

A greve teve um saldo de 1,3 milhão de segurados sem atendimento no Brasil inteiro. As vagas para atendimento foram abertas na sexta-feira para atendimento em postos de Jacarepaguá, Ramos, Bangu e Campo Grande. Antes, a primeira data disponível era 22 de junho. Na terça-feira há agendamentos disponíveis para os postos do Méier e Irajá.

É importante ressaltar que mesmo com o fim da greve dos médicos peritos, o segurado não deve correr aos postos do INSS nos próximos dias, sem que esteja com agendamento para pedido de auxílio-doença em mãos. Ou seja, não adianta chegar no posto para tentar atendimento sem que o nome conste na lista do órgão.
 
Mesmo quem tem a segurança do atendimento agendado pelo 135 corre o risco de ficar sem avaliação médica, principalmente, os casos de renovação de benefício e pedido de aposentadoria por invalidez. Isso corre porque a Associação Nacional dos Médicos Peritos (ANMP) orientou os grevistas a priorizar o atendimentos para os segurados que ainda aguardam a primeira avaliação médica.

A orientação foi condenada pelo INSS, que esclareceu que a regra de priorização do atendimento é definida pelo próprio instituto e está estabelecida nos atos normativos.

POR 30 HORAS SEMANAIS

Os médicos peritos do INSS pediram durante a greve um reajuste salarial de 27,5%, redução da carga horária de 40 horas para 30 horas semanais, recomposição do quadro de servidores e o fim da terceirização. Contudo, não houve acordo até o momento com o governo federal e, por isso, a ANMP afirmou que a categoria retoma as atividades em estado de greve. Isso significa que a qualquer momento podem cruzar os braços se as negociações com o governo não avançarem. Entretanto, o INSS esclareceu que "a regra de priorização do atendimento é definida pelo próprio Instituto e está estabelecida nos seus normativos."

O INSS conta hoje com 4.330 servidores peritos médicos. O salário inicial para uma jornada de 40 horas é de R$ 11.383,54.

CONFIRA AS PRÓXIMAS DATAS

Méier: 26/01.
Irajá: 26/01.

Del Castilho: 26/01.

Presidente Vargas: 27/01.

Barra da Tijuca: 01/02.

Ilha do Governador: 01/02.

Cabo Frio: 09/05.

Campos: 27/01.

Duque de Caxias: 17/03.

Nova Friburgo: 01/02.

São Gonçalo: 12 e 13/04.

São João de Meriti: 22/03.

Nilópolis: 28/03.

Niterói: 30/03.

Nova Iguaçu: 06/04.

Macaé: 04/04.

Em Campos: como é que é?...

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

WORKING GANHA PRORROGAÇÃO DE CONTRATO DE R$ 7,9 MILHÕES EM DIA DE "EMERGÊNCIA ECONÔMICA "

No Diário Oficial do Município desta segunda, dia 25, o contraste: O decreto 01/2016 que põe o município em estado de "emergência econômica", com restrições de to tipo, inclusive extinção de cargos efetivos e incentivo à aposentadoria de servidores está na página 1, enquanto na página 3, uma surpresa: a onipresente WORKING ganhou mais um aditivo de 12 meses e R$ 7,8 milhões para "manutenção preventiva nas escolas e creches".
Mais: a Fundação Cultural Oswaldo Lima prorrogou, pela sexta vez, um contrato para sonorização por R$ 402 mil em seis meses.
Tá bom ou quer mais ?

2016/01/24

Ministério público vai denunciar Lula por ocultação de propriedade

Depois de confirmar que ele é dono de um tríplex reformado e mobiliado pela OAS, empreiteira punida no escândalo do petrolão, promotores enquadram o ex-presidente numa das modalidades clássicas do crime de lavagem de dinheiro

Um truque recorrente na carreira política do ex­-presidente Lula é reescrever a história de modo a exaltar feitos pessoais e varrer pecados para debaixo do tapete. Mas os fatos são teimosos. Quando se pensa que estão enterrados para sempre, eles voltam a andar sobre a terra como zumbis de filmes de terror. O mensalão, no plano mestre de Lula, deixaria de existir se fosse negado três vezes todas as noites antes de o galo cantar. O petrolão, monumental esquema de roubalheira na Petrobras idealizado, organizado e consumado em seu governo - e, segundo testemunhas, com reuniões no próprio gabinete presidencial -, entraria para a história como mais um ardil dos setores conservadores da sociedade para impedir o avanço dos defensores dos pobres. Nem o mais cego dos militantes do PT ainda acredita nessas patacoadas que afrontam os fatos. Sim, os fatos, sempre eles. O tríplex de Lula no Guarujá é outro desses fatos que o ex-presidente esperava ver se dissipar no meio do redemoinho. Mas o tríplex está lá com seu elevador privativo e linda vista para o Atlântico, e vai continuar. De nada adiantou a pregação de Lula, na semana passada, para seu coro de blogueiros chapa-­branca muito bem remunerados com o dinheiro escasso e suado do pobre povo brasileiro: "Não tem uma viva alma mais honesta do que eu. Pode ter igual, mas eu duvido". Pode até ser que a alma não veja o que o corpo faz e se entretenha no engano, mas a opinião pública há muito tempo não se ilude mais com essas mandingas autolaudatórias de Lula.

Pelo tríplex que queria manter clandestino, Lula será denunciado pelo Ministério Público por ocultação de propriedade, uma das modalidades clássicas do crime de lavagem de dinheiro. A denúncia contra o ex-presidente decorre da investigação de fraudes em negócios realizados pela Bancoop, cooperativa habitacional de bancários que deu calote em seus associados enquanto desviava recursos para os cofres do PT. A Bancoop quebrou em 2006 e deixou quase 3 000 famílias sem seus imóveis, enquanto viam, inermes, petistas estrelados receber seus apartamentos. Em abril do ano passado, VEJA revelou que, depois de um pedido feito por Lula ao então presidente da OAS, Léo Pinheiro, seu amigo do peito condenado a dezesseis anos de prisão no petrolão, a empreiteira assumiu a construção de vários prédios da cooperativa. O favor garantiu a conclusão das obras nos apartamentos de João Vaccari Neto, aquele mesmo que, até ser preso pela Operação Lava-Jato, comandou a própria Bancoop e a tesouraria do PT. A OAS assumiu também a reforma do tríplex de 297 metros quadrados no Edifício Solaris, de frente para o mar do Guarujá, pertencente ao ex-presidente Lula e a sua esposa, Marisa Letícia.

A OAS desempenhou ainda o papel de "laranja" de Lula, passando-se por dona do tríplex. A manobra foi cuidadosamente apurada pelos promotores do Ministério Público de São Paulo, que trabalham a apenas quinze minutos de carro da sede do Instituto Lula. Durante seis meses, eles se dedicaram a esquadrinhar a relação entre a OAS e o patrimônio imobiliário dos chefes petistas. Concluíram que o tríplex no Guarujá é a evidência material mais visível da rentável parceria de Lula com os empresários corruptores que hoje respondem por seus crimes diante do juiz Sergio Moro, que preside a Operação Lava-Jato. Os promotores ouviram testemunhas e obtiveram recibos e contratos que colocam o ex-presidente na posição de ter de explicar na Justiça as razões pelas quais tentou de todas as maneiras negar ser o dono do tríplex. Para os promotores, as negaças de Lula configuram o crime de lavagem de dinheiro.

Por: Robson Bonin
http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/ministerio-publico-vai-denunciar-lula-por-ocultacao-de-propriedade

2016/01/22

Reportagem do Jornal Hoje

Matéria veiculada hoje, 22 de janeiro, fala das vantagens das cooperativas de crédito sobre os bancos comuns.
Confira:

http://g1.globo.com/jornal-hoje/edicoes/2016/01/22.html#!v/4756253

Porque hoje é sexta

Para reflexão

Em Campos dos Goytacazes, a pequenez de determinados cidadãos que se dizem públicos parece não ter fim, fincando-se na camada do pré-sal da boçalidade. Fazem de tudo para rasgar leis e descumprir preceitos básicos da cidadania alheia, mentem, se sujeitam ao papel  de meros fantoches de uma ópera bufa e de co-autores de falcatruas e cospem no próprio currículo, em nome de uma subserviência cega e abjeta, sem nenhum tipo de justificativa, nem pela maior das vaidades ou mesmo fidelidade por qualquer motivo meramente pessoal. Não levam em conta sequer os muitos e muitos anos nas costas. Seriam dignos de pena se ferissem apenas a si próprios e suas almas, mas atingem a outrem. Ganharão, ao menos, a lata de lixo da história. Não representam ninguém, a não ser a maior das pobrezas de espírito do ser humano. Há também os que não são públicos, mas tão enlameados quanto, e que agem nas sombras – não merecem sequer comentário. Pobre cidade.
Sorry

 

2016/01/21

Dólar fecha em alta e volta a atingir maior valor da história

Mercado reagiu mal à decisão do BC sobre juros e cena externa.
A moeda norte-americana subiu 1,47%, vendida a R$ 4,1655.

O dólar fechou em alta em relação ao real nesta quinta-feira (21), acima de R$ 4,16, após a decisão do Copom de manter os juros em 14,25% ao ano. Diante das preocupações com o crescimento da China e com a queda do petróleo, os mercados também buscam investimentos considerados mais seguros, como o dólar, ajudando a impulsionar a cotação da moeda. Na véspera, a divisa fechou acima de R$ 4,10, após chegar a R$ 4,12.

A moeda norte-americana subiu 1,47%, vendida a R$ 4,1655. Veja cotação do dólar hoje. Este é o maior valor de fechamento da história. Antes, o recorde havia sido de R$ 4,1461, em 23 de setembro de 2015.

Veja a cotação ao longo do dia:
Às 9h09, alta de 1,06%, a R$ 4,1488.
Às 9h20, alta de 1,09%, a R$ 4,15.
Às 9h39, alta de 1,64%, a R$ 4,1724.
Às 9h59, alta de 1,28%, a R$ 4,1577.
Às 10h29, alta de 1,33%, a R$ 4,1597.
Às 11h09, alta de 1,25%, a R$ 4,1564.
Às 11h40, alta de 0,83%, a R$ 4,1394.
Às 11h59, alta de 1,28%, a R$ 4,1576.
Às 12h09, alta de 1,35%, a R$ 4,1607.
Às 12h58, alta de 1,36%, a R$ 4,1612.
Às 13h20, alta de 1,25%, a R$ 4,1567.
Às 14h19, alta, de 0,89%, a R$ 4,1416.
Às 14h59, subia 0,67%, a R$ 4,1325.
Às 15h39, subia 0,66%, a R$ 4,1319
Às 16h24, subia 1,17%, a R$ 4,1530.


Mais cedo o dólar chegou a ser cotado a R$ 4,1737. No ano, a moeda já subiu 5,51%. Nesta semana, a alta acumulada é de 2,96%.

Dólar turismo

O dólar turismo passava de R$ 4,40 nesta quinta-feira. Na Confidence, o dólar em espécie estava R$ 4,43 e no cartão pré-pago, R$ 4,66 (com IOF). Na Cotação, o valor para cada dólar em espécie era de R$ 4,42 e no cartão pré-pago, de R$ 4,65, também já com o IOF incluso. Na Vips Turismo, os valores eram de R$ 4,30 e R$ 4,55, respectivamente.
Dólar em 2016
Veja a variação do valor de fechamento em R$ no ano
Created with @product.name@ @product.version@3,9484,03393,99334,02144,05254,04034,05174,04524,01093,99834,04584,03424,05494,1054,1655cotação30/1204/0105/0106/0107/0108/0111/0112/0113/0114/0115/0118/0119/0120/0121/013,93,9544,054,14,154,2
Gráfico elaborado em 21/01/2016

Motivos da alta

"(A manutenção da Selic) é um baque na credibilidade do BC. É o pior dos mundos: o mercado questiona a autonomia do BC e as expectativas de inflação pioram", disse à Reuters o superintendente regional de câmbio da corretora SLW João Paulo de Gracia Correa.

Analistas ouvidos pelo G1 logo após o anúncio da decisão também afirmaram que a decisão coloca em dúvida a credibilidade do BC. "A percepção que eu tenho é que estão fazendo da política monetária um brinquedo para satisfazer algumas vaidades", disse Otto Nogami, professor de economia do MBA do Insper. "Talvez a decisão até seja correta, talvez a política monetária não consiga mais conter inflação. Mas a maneira como eles chegaram da manutenção foi um desastre, falando sobre a comunicação", afirmou João Ricardo Costa Filho, professor da Faculdade de Economia da FAAP.

Após o fechamento dos negócios na véspera, o BC deixou a Selic inalterada em 14,25%, citando o aumento das incertezas globais e locais.

Além de piorar as perspectivas para o fluxo de capitais ao Brasil, a decisão turbinou as incertezas nos mercados locais, que até o início da semana apostavam em elevação de 0,50 ponto percentual.

Nos mercados externos, a queda dos preços do petróleo mantinha o quadro de cautela que vem predominando desde o início do ano. A decisão da China de injetar recursos no mercado antes do feriado do Ano Novo Lunar, porém, limitava um pouco o mau humor externo.

Interferência do BC

 O Banco Central brasileiro deu continuidade ao seu programa diário de interferência no câmbio, e realizou nesta manhã mais um leilão de rolagem dos swaps cambiais que vencem em 1º de fevereiro, vendendo a oferta total de até 11,6 mil contratos. Até o momento, o BC já rolou o equivalente a US$ 7,891 bilhões, ou cerca de 76% do lote total, que corresponde a US$ 10,431 bilhões.

http://g1.globo.com/economia/mercados/noticia/2016/01/dolar-fecha-em-alta-e-volta-atingir-maior-valor-da-historia.html

2016/01/20

Brasil tem dois novos casos de microcefalia causada por zika vírus a cada hora

O novo boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, divulgado nesta quarta-feira (20), aponta que o Brasil tem 3.893 casos de microcefalia causada por zika vírus, 363 a mais do que na última semana quando o último balanço foi anunciado. O número mostra uma alta de 10%, e também que a cada uma hora, duas novas ocorrências são registradas no País. Os dados, que foram computados até o último sábado (16), traduzem o quão alarmante é a doença e como os brasileiros precisam se cuidar em relação ao Aedes aegypti, mosquito transmissor também da dengue e da febre chikungunya.
 
Do total de casos notificados, 3.381 ainda estão em investigação em laboratórios. Apresentaram alterações atípicas nos exames 224 ocorrências, ou seja, quando se sugere fortemente a infecção de zika durante a gestação, e outros 282 casos foram descartados. O Ministério confirma 49 óbitos por malformação congênita, sendo que cinco casos são de infecção por zika – quatro no Rio Grande do Norte e um no Ceará. Há uma outra sexta notificação de morte no interior em Minas Gerais, mas ainda não há detalhes sobre o caso.
 
Veja mais em:

Pedida extinção do PT

 Denúncia de Cerveró sobre financiamento da campanha presidencial de 2006 do partido a partir de possível recebimento de dinheiro no exterior é a base da solicitação feita à PGE.

 "Maior partido de oposição ao governo da presidente Dilma Rousseff, o PSDB entrou com representação junto à Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE) pedindo investigação sobre o recebimento de recursos de origem estrangeira em benefício do PT. Confirmada a prática, os tucanos querem ação judicial de extinção do Partido dos Trabalhadores. O documento é assinado pelo líder da bancada na Câmara, Carlos Sampaio (SP).

A ação foi inspirada em informações prestadas pelo ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró à Procuradora-Geral da República (PGR). De acordo com Cerveró, a campanha de Lula, em 2006, recebeu R$ 50 milhões em propina, provenientes de uma negociação para a compra de US$ 300 milhões em blocos de petróleo na África em 2005.

"É uma denúncia gravíssima, apresentada por um integrante da quadrilha que operava o Petrolão, e que precisa ser investigada”, afirmou Sampaio.

A Constituição Federal proíbe os partidos políticos de receberem de entidades e governos estrangeiros quaisquer recursos financeiros. Ao disciplinar a norma constitucional, a Lei dos Partidos Políticos prevê, após trânsito em julgado de decisão, o cancelamento do registro civil e do estatuto do partido que tenha infringido a norma.

“Ainda na CPI da Petrobras, em abril do ano passado, disse que o tesoureiro do PT seria preso e o PT, extinto. Dias depois, João Vaccari foi detido e continua preso até hoje. A extinção do PT está muito próxima: é uma questão de tempo e do avanço das investigações”, afirmou Sampaio."

http://www.diariodopoder.com.br/noticia.php?i=47865395432

c/ Infomoney

Piada infame do dia: 'Não tem uma viva alma mais honesta do que eu', diz Lula

Ou: quando se perde uma boa hora de ficar calado...

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quarta-feira (20), em café da manhã com blogueiros, que vai participar "ativamente" do processo eleitoral nas eleições municipais deste ano. Lula disse que vai fazer mais política e que as pessoas "vão ver" o desempenho do PT no pleito, ressaltando que o partido "não está acabado".

"Eu vou fazer mais política. Este ano tem eleições. Eu vou participar ativamente do processo eleitoral. Tem gente dizendo que o PT acabou, vocês vão ver o PT. Estou convencido que o Haddad vai ser reeleito, para ficar no exemplo da maior cidade", afirmou Lula. O café com os blogueiros foi realizado no Instituto Lula, em São Paulo.

O ex-presidente criticou o que chamou de "tentativa de golpe explícito", ao comentar o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff em curso no Congresso.

"Os democratas não podem se transformar com essa tenttiva de golpe explícito, o impeachment da Dilma. Democracia é tão séria que não se brinca com democracia. Eles [opositores do governo] tentam destruir a democracia negando a política", afirmou.

Operações policiais

Lula falou também sobre as operações policiais que apuram esquemas de corrupção no país, em especial a Lava Jato. Para ele, essas investigações são possíveis porque o governo do PT criou os mecanismos para que nada fosse jogado "embaixa do tapete".

"Esse processo [investigações] existe na magnitutde que existe porque o governo criou condições para apurações", disse Lula. "Dilma vai ser reconhecida por isso", completou.

O ex-presidente, que não é investigado pela Lava Jato, criticou o que chamou de "execração pública" de alguns investigados. Segundo Lula, a imprensa "condena" os suspeitos mesmo antes de a Justiça tomar uma posição. "Os direitos humanos valem para todos os brasileiros. No Brasil, neste momento, nem habeas corpus as pessoas tem conseguido", disse.

De acordo com Lula, ele tem ouvido falar que os investigadores, ao negociarem delação premiada com os investigados, perguntam se têm algo a dizer contra o ex-presidente. "Eles querem chegar no Lula. Eu tenho endereço fixo, todo mundo sabe onde eu moro. Se tem uma coisa que eu me orgulho, neste país, é que não tem uma viva alma mais honesta do que eu. Nem dentro da Polícia Federal, nem dentro do Ministério Público, nem dentro da Igreja Católica, nem dentro da Igreja Evangélica. Pode ter igual, mas mais do que eu, duvido”, disse Lula.

Ele também comentou denúncias de que fez "jogo de influência" a favor de empresas brasileiras no exterior. Segundo ele, essa prática é "normal" na atividade de um presidente.

"As pessoas deveiam me agradecer, porque o papel de qualquer presidente quando viaja é tentar vender serviços de seu país. Essa é a coisa mais normal. Tem uma tese de que o Lula faz jogo de influência. Como se o papel do presidente da República fosse ser uma vaca de presépio", afirmou Lula.

http://g1.globo.com/politica/noticia/2016/01/lula-diz-que-vai-participar-ativamente-da-politica-nas-eleicoes-de-2016.html

2016/01/19

Previsões do FMI para a economia brasileira



Para Tombini, revisões das previsões do FMI para Brasil são 'significativas'

PIB do Brasil deve cair 3,5% neste ano, segundo relatório do FMI.
Presidente do BC diz que informações serão consideradas pelo Copom.

O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, avaliou como "significativas" as revisões das projeções de crescimento em 2016 e 2017 que o Fundo Monetário Internacional divulgou na manhã desta terça-feira (19) por meio do relatório "World Economic Outlook".

De acordo com o documento, o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil deve sofrer queda de 3,5% este ano – em outubro, a projeção era de contração de 1%. Isso depois de ter encolhido 3,8% em 2015, em estimativa também revisada para baixo (a queda prevista antes era de 3%), segundo atualização do relatório "Perspectiva Econômica Global" divulgada nesta terça-feira (19).

Já em 2017, o FMI aponta que o Brasil deve registrar estagnação econômica, deixando de ver expansão de 2,3% como antes.

"O presidente Tombini ressalta que todas as informações econômicas relevantes e disponíveis até a reunião do Copom são consideradas nas decisões do colegiado", disse o presidente, por meio de nota.

O Comitê de Políticas Monetárias anunciará nesta quarta-feira (20) se vai alterar ou manter a Selic (taxa básica de juros), que atualmente está em 14,25% ao ano.

A entidade cita em relação ao país "a recessão causada pela incerteza política e contínuas repercussões da investigação na Petrobras", o que está sendo mais profundo e prolongado do que se esperava.

Com isso, o desempenho da economia brasileira fica bem aquém da região de América Latina e Caribe como um todo, cujas expectativas são de recuo de 0,3% do PIB em 2016 e crescimento de 1,6% no ano seguinte.

A economia brasileira pesou sobre as estimativas para o crescimento global, que foram reduzidas em 0,2 ponto percentual tanto para 2016 quanto para 2017, respectivamente para expansão de 3,4% e 3,6%.

"Essas revisões refletem de maneira substancial, mas não exclusivamente, uma retomada mais fraca nas economias emergentes do que previsto em outubro", completou o FMI, citando ainda os preços mais baixos do petróleo e a expectativa de estabilização dos Estados Unidos em vez de recuperação da força.

Para o FMI, os mercados emergentes e economias em desenvolvimento estão enfrentando agora uma nova realidade de crescimento mais baixo, com forças cíclicas e estruturais afetando o tradicional paradigma de crescimento.

As previsões para esse grupo de países também foram reduzidas em 0,2 ponto percentual em cada ano, mas ainda assim a expectativa é de crescimento de 4,3% em 2016, acelerando para 4,7% em seguida.

O FMI destacou a necessidade de gerenciar as vulnerabilidades e reconstruir a resiliência contra potenciais choques, impulsionando ao mesmo tempo o crescimento dessas economias.

"Em uma série de exportadores de commodities, reduzir os gastos públicos enquanto se eleva sua eficiência, fortalecer as instituições fiscais e elevar as receitas não relacionadas a commodities facilitará o ajuste para receitas fiscais mais baixas", trouxe o relatório.

As projeções do FMI para a atividade econômica brasileira, que enfrenta forte recessão em um cenário de inflação e juros elevados agravado por uma crise política, são piores do que as de economistas de instituições financeiras. Pesquisa Focus do Banco Central aponta que eles veem retração de 2,9% em 2016 e crescimento de 1% no ano que vem.

http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/01/para-tombini-revisoes-das-previsoes-do-fmi-para-brasil-sao-significativas.html

2016/01/18

Clima no Rio de Janeiro

Tendência do tempo do dia 18/01/2016 válida a partir das 12h até 19/01/2016 às 11h59min.
Os ventos úmidos marítimos contribuirão para a manutenção da nebulosidade, desta forma,
haverá predomínio de céu nublado, com possibilidade de chuva fraca ou chuviscos isolados no
estado, principalmente no litoral, ao longo do período. As temperaturas variarão entre a máxima
de 29°C na Região Metropolitana, e a mínima de 17°C na Região Serrana. Os ventos
predominantes serão de Sudeste/Leste, com intensidade de fraca a moderada.

http://www.climatempo.com.br/alerta-rio/radar

Gráfica sem experiência atendeu à campanha de Dilma e vira alvo no TSE

A campanha da presidente Dilma Rousseff à reeleição, em 2014, pagou R$ 1,7 milhão a uma gráfica que possui uma única máquina e foi fundada em março daquele ano, cinco meses antes de ser contratada pelo PT.

A empresa Souza & Souza situa-se em um imóvel em Belenzinho (zona oeste de São Paulo), onde fica sua máquina e uma guilhotina de cortar papéis. Se dono é um ex-sindicalista e ex-deputado estadual pelo PT.

Veja a matéria completa em:

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2016/01/1730577-grafica-sem-experiencia-atendeu-a-campanha-de-dilma.shtml

2016/01/14

Barbas de molho

Alan Marques/Folhapress

Com o aperto do cerco de investigações em várias frentes sobre si e seus familiares, em especial nas operações Lava Jato e Zelotes, o ex-presidente Lula decidiu reforçar sua defesa: contratou o criminalista Nilo Batista para seu time de advogados.
Nas palavras de aliados, Lula “tomou consciência de que algo mais grave pode acontecer”. Nesta semana, por exemplo, veio à tona que o delator Nestor Cerveró o citou diretamente em um negócio investigado na Lava Jato.
Até aqui, Lula vinha adotando a tática de mostrar-se como perseguido por setores do Judiciário e pela imprensa, os quais, na sua retórica, querem minar eventual nova candidatura dele à Presidência.
O petista não abandonará o discurso, mas chamou Batista para adensar tecnicamente sua defesa nos casos em que vem sendo citado.
Nilo Batista foi governador do Rio de Janeiro em 1994 –era vice de Leonel Brizola (PDT) quando o pedetista se afastou do cargo para concorrer à Presidência– e é considerado um dos principais criminalistas do Estado.
Folha de São Paulo
 
 

2016/01/13

Selo OAB de qualidade aos cursos de Direito é entregue nesta quarta

No Rio de Janeiro apenas oito instituições de ensino conseguiram o selo. Na região Norte Fluminense, apenas a UFF de Macaé.

Brasília – A OAB Nacional divulgou nesta quarta-feira, dia 13 de janeiro, o resultado da quinta edição de seu Selo de Qualidade, com as 139 cursos jurídicos recomendados pela entidade. São utilizados os critérios objetivos de índices de aprovação no Exame de Ordem Unificado e de aprovação no Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes). O lançamento será na sede da OAB Nacional, às 10h.

O resultado de 139 cursos de direito recomendados pela OAB contempla cerca de 10% dos mais de 1.300 existentes no Brasil. Segundo o presidente nacional da Ordem, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, esta é uma forma de estimular a qualidade do ensino jurídico em nosso país.

“O Selo de Qualidade OAB Recomenda é uma forma de estimular a qualidade do ensino jurídico do Brasil, um convite a que as demais faculdades possam também ingressar nesse seleto time de bons índices de aprovações nos exames. O Brasil e os estudantes necessitam de mais qualidade na maioria dos cursos de direito do país”, explica Marcus Vinicius.

O Selo de Qualidade é editado a cada três anos e divulga periodicamente os cursos de Direito que mais se destacassem em cada Unidade da Federação. Em 1999, surgiu o "OAB Recomenda", programa com o objetivo principal de enaltecer as instituições de ensino em Direito com regularidade de desempenho, sem jamais funcionar como um ranking entre as instituições ou um ainda um mecanismo de desaconselhamento de cursos.

A primeira edição do programa foi divulgada em janeiro de 2001, quando um total de 52 cursos de Direito integrou a publicação. O segundo OAB Recomenda foi lançado em janeiro de 2003, com 60 cursos de Direito no rol de merecedores do selo de qualidade. Na terceira edição, no ano de 2007, 87 cursos foram credenciados a receber o selo. Em 2011, com a quarta edição, chegou-se a 89 cursos.

As 139 faculdades Veja abaixo a lista completa, por estado, das faculdades certificadas:

Acre
Universidade Federal do Acre - Ufac

Alagoas
Universidade Federal de Alagoas - Ufal

Amapá
Universidade Federal do Amapá - Unifap

Amazonas
Universidade do Estado do Amazonas - UEA
Universidade Federal do Amazonas - Ufam

Bahia
Universidade do Estado da Bahia - Uneb
Faculdade Nobre de Feira de Santana - FAN
Universidade Estadual de Feira de Santana - UEFS
Universidade Estadual de Santa Cruz - UESC
Universidade do Estado da Bahia - Uneb (em Juazeiro)
Faculdade Baiana de Direito e Gestão
Universidade do Estado da Bahia - Uneb
Universidade Federal da Bahia - UFBA
Universidade Salvador - Unifacs - Campus Iguatemi
Universidade do Estado da Bahia - Uneb (em Salvador)
Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - Uesb

Ceará
Universidade Regional do Cariri - Urca
Centro Universitário Christus
Faculdade Farias Brito - FTB
Faculdade Sete de Setembro - FA7
Universidade Federal do Ceará - UFC
Universidade Estadual do Vale do Acaraú - UVA

Distrito Federal
Centro Universitário de Brasília - Uniceub
Centro Universitário do Distrito Federal - UDF
Faculdade Processus - PFD - Campus I
Universidade de Brasília - UnB

Espírito Santo
Universidade Vila Velha - UVV
Faculdades Integradas de Vitória - FDV
Faculdades Integradas Espírito Santenses - Faesa I
Universidade Federal do Espírito Santo - Ufes

Goiás
Universidade Federal de Goiás - UFG (Praça Universitária, em Goiânia)
Universidade Federal de Goiás - UFG (Avenida Bom Pastor, Goiás)

Maranhão
Universidade Federal do Maranhão - UFMA (em Imperatriz)
Unidade de Ensino Superior Dom Bosco - UNDB
Universidade Federal do Maranhão - UFMA (em São Luís)

Mato Grosso
Universidade do Estado de Mato Grosso - Unemat (em Cáceres)
Universidade Federal de Mato Grosso - UFMT (em Cuiabá)

Mato Grosso do Sul
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS
Fundação Universidade Federal Da Grande Dourados - UFGD - Fadir
Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - Uems (em Dourados)
Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - Uems (em Naviraí)

Minas Gerais
Centro Universitário Newton Paiva
Escola Superior Dom Helder Câmara
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas, unidade Praça Da Liberdade)
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas, Campus Coração Eucarístico)
Universidade Federal de Minas Gerais UFMG
Universidade Fumec - Fumec
Universidade do Estado de Minas Gerais - UEMG
Faculdade Metodista Granbery - FMG
Faculdades Integradas Vianna Júnior - FIVJ
Universidade Federal de Juiz De Fora - UFJF
Centro Universitário de Lavras - Unilavras
Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes
Faculdade de Direito Milton Campos - FDMC
Universidade Federal de Ouro Preto - Ufop
Centro Universitário de Patos de Minas - Unipam
Faculdade de Direito de Pedro Leopoldo - Fadipel
Faculdade Dinâmica do Vale do Piranga - Fadip
Escola Superior de Administração, Marketing e Comunicação de Uberlândia - Esamc
Universidade de Uberaba - Uniube - Campus Direito/Administração
Universidade Federal de Uberlândia - UFU
Fundação Universidade Federal de Viçosa - UFV

Pará
Centro Universitário do Estado Do Pará - Cesupa
Universidade Federal do Pará - UFPA (em Belém)
Universidade Federal Do Pará - UFPA (em Marabá)
Universidade Federal Do Oeste Do Pará – Ufopa

Paraíba
Universidade Estadual da Paraíba - UEPB
Universidade Federal da Paraíba - UFPB
Universidade Federal da Paraíba - UFPB - Campus I - João Pessoa
Universidade Federal de Campina Grande - UFCG

Paraná
Universidade Norte do Paraná - Unopar
Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Cascavel - Univel
Centro Universitário Curitiba - Unicuritiba
Centro Universitário Franciscano do Paraná - FAE
Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR
Universidade Federal do Paraná - UFPR
Universidade Positivo - UP
Universidade Estadual do Norte do Paraná - UENP
Universidade Estadual de Londrina - UEL
Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste
Universidade Estadual de Maringá - UEM
Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG

Pernambuco
Faculdade Damas da Instrução Cristã - Fadic
Universidade Católica de Pernambuco - Unicap
Universidade Federal de Pernambuco - UFPE

Piauí
Universidade Estadual do Piauí - Uespi
Universidade Estadual do Piauí – Uespi – Campus Clóvis Moura
Universidade Estadual do Piauí – Uespi – Campus Poeta Torquato  Neto
Universidade Federal do Piauí - UFPI
Instituto de Ciências Jurídicas e Sociais Professor Camillo Filho

Rio de Janeiro
Universidade Federal Fluminense - UFF (em Macaé)
Universidade Federal Fluminense - UFF (em Niterói)
Escola de Direito do Rio De Janeiro - FGV
Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas Ibmec - Ibmec - Rio de Janeiro
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC-Rio
Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Uerj
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - Unirio
Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ

Rio Grande do Norte
Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN (em Caicó)
Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN
Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN (em Natal)

Rio Grande do Sul
Universidade da Região da Campanha - Urcamp
Universidade de Passo Fundo - UPF
Universidade Federal de Pelotas - UFPEL
Escola Superior do Ministério Público - ESMP/FMP
Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS
Universidade Federal do Rio Grande - Furg
Faculdade Dom Alberto - FDA
Universidade Federal de Santa Maria - UFSM

Rondônia
Fundação Universidade Federal de Rondônia - Unir (em Cacoal)
Fundação Universidade Federal de Rondônia - Unir (em Porto Velho)

Santa Catarina
Universidade Regional de Blumenau - Furb
Complexo de Ensino Superior do Estado de Santa Catarina - Cesusc
Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
Universidade da Região de Joinville - Univille
Centro Universitário Barriga Verde - Unibave
Universidade do Sul de Santa Catarina - Unisul
Universidade do Oeste de Santa Catarina - Unoesc

São Paulo
Faculdade de Ciências Econômicas - Facamp
Pontifícia Universidade Católica de Campinas - PUC-Campinas
Universidade Presbiteriana Mackenzie - Mackenzie
Faculdade de Direito de Franca - FDF
Universidade Estadual Paulista Júlio De Mesquita Filho - Unesp
Centro Universitário Antônio Eufrásio de Toledo de Presidente Prudente - Fiaetpp
Centro Universitário Uniseb
Universidade de Ribeirão Preto - Unaerp
Universidade de São Paulo - USP (em Ribeirão Preto)
Escola Superior de Administração, Marketing e Comunicação de Santos - Esamc S
Universidade Católica de Santos - Unisantos
Faculdade De Direito De São Bernardo do Campo - FDSBC
Escola de Direito de São Paulo - Direito GV
Faculdade de Direito Professor Damásio de Jesus - FDDJ
Pontifícia Universidade Católica - PUC
Universidade de São Paulo - USP (Largo de São Francisco, em São Paulo)
Universidade São Judas Tadeu – USJT – Unidade Butantã
Universidade São Judas Tadeu – USJT – Unidade Mooca

Sergipe
Universidade Federal de Sergipe – UFS

Tocantins
Fundação Universidade Federal do Tocantins - UFT

http://www.oab.org.br/noticia/29172/selo-oab-de-qualidade-aos-cursos-de-direito-sera-entregue-nesta-quarta

http://g1.globo.com/educacao/noticia/2016/01/oab-certifica-139-cursos-de-direito-com-selo-de-qualidade-veja-lista.html

Janot: por apoio, Lula loteou a BR Distribuidora

Trecho da denúncia que o procurador-geral enviou ao Supremo (Foto: Reprodução)

Janot diz que Lula deu 'ascendência' a Collor na BR Distribuidora

Segundo o procurador, objetivo de Lula era garantir apoio no Congresso.
Janot escreve ainda que Collor usou subsidiária para cobrar propinas.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou ao Supremo Tribunal Federal que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deu "ascendência" ao senador Fernando Collor sobre a BR Distribuidora em troca de apoio político no Congresso. A BR Distribuidora é uma subsidiária da Petrobras. A declaração de Janot está na peça de denúncia contra o deputado Vander Loubet (PT-MS) que o procurador enviou ao tribunal em dezembro de 2015.

"Após o fim do período de suspensão de direitos políticos, Fernando Affonso Collor de Mello retornou à vida pública. Na condição de senador pelo Partido Trabalhista Brasileiro do Estado de Alagoas (PTB-AL), por volta do ano de 2009, em troca de apoio político à base governista no Congresso Nacional, obteve do então Presidente da República, Luís Inácio Lula da SilvaI ascendência sobre a Petrobras Distribuidora- BR Distribuidora", escreveu Janot.

O G1 procurou o Instituto Lula e a assessoria do senador Collor para obter respostas sobre a denúncia, mas ainda não havia conseguido contato até a última atualização desta reportagem.
O procurador afirma ainda que o ex-ministro do governo Collor Paulo Leoni Ramos era o agente do senador nos negócio relativos à BR Distribuidora. Janot afirma que Collor e Leoni usaram a subsidiária para cobrar propinas e ocultar pagamentos ilegais.

"Em nome de Fernando Affonso Collor de Mello, Pedro Paulo Bergamschi de Leoni Ramos realizou os principais contatos na sociedade de economia mista, operacionalizou negócios em favor de empresas privadas, cobrou vantagens indevidas e adotou estratégias de intermediação e ocultação da origem e do destino da propina relacionada a tais contratos", continuou o procurador na denúncia enviada ao STF.

Segundo Janot, Pedro Leoni Ramos é o "principal operador" do esquema na BR Distribuidora. Janot escreve ainda que o ex-ministro é amigo pessoal de Collor e repassava propina ao senador.

"Ele [Leoni] era o responsável por articular todos os núcleos da organização criminosa implantada na sociedade de economia rnista, promovendo os contatos e acertos entre os diretores e funcionários de alto escalão da BR Distribuidora de um lado, e as empresas contratadas e os empresários beneficiados, de outro, bem como planejando e realizando o recebimento direto da propina e o seu posterior repasse ao senador Fernando Collor de Mello, do PTB, e também a outros parlamentares, especialmente ao deputado federal  Vander Luis dos Santos Loubet, do PT", disse o procurador-geral.

O poder de Collor sob a BR Distribuidora foi citado também no depoimento de delação premiada do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró. No depoimento, que veio à tona nos últimos dias. Cerveró afirmou que Lula concedeu espaço para que o senador Fernando Collor pudesse ter influência para indicar diretores da BR Distribuidora.

PT

O procurador ressalta que Leoni Ramos repassava "vantagens indevidas" para o PT, em especial para Loubet. Também diz que o partido, na época do governo Lula, procurou, "por meio da chefia do Executivo Federal e da bancada no Congresso" ocupar parcelas da BR Distribuidora.

"No ano de 2009, quando parte da BR Distribuidora foi entregue ao senador Fernando Collor de Mello, do PTB, a Presidência da República era ocupada por Luís Inácio Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores. Por isso, o PT, por meio da chefia do executivo federal, juntamente com sua bancada no Congresso Nacional, procurou reservar para si parcela da sociedade de economia mista em questão, mantendo-a em sua esfera de influência", afirmou Janot ao STF.


http://www1.folha.uol.com.br/poder/2016/01/1728860-loteamento-da-br-distribuidora-por-lula-originou-esquema-diz-janot.shtml

http://g1.globo.com/politica/operacao-lava-jato/noticia/2016/01/janot-diz-ao-stf-que-lula-deu-ascendencia-collor-na-br-distribuidora.html

Social

A prefeita de Campos dos Goytacazes, Rosângela Rosinha Garotinho Matheus, atualmente de licença, encontra-se em tratamento médico.
No Rio de Janeiro.

Fonte:
http://blogfernandoleite.blogspot.com.br/

2016/01/12

OAB, CNBB e MCCE lançam campanha contra caixa 2 nesta 3ª feira

Brasília - Nesta terça-feira (12/01), a OAB Nacional, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) lançam uma campanha contra o caixa 2 nas eleições municipais deste ano. O lançamento será na sede da OAB, em Brasília, a partir das 14h30.

As eleições deste ano acontecerão em outubro. Estarão em disputa cargos de prefeito e vereador.

“Exigiremos que o Congresso vote o projeto de lei que criminaliza o caixa 2 nas eleições”, afirma o presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho. “Vamos transformar cada subseção da OAB, cada paróquia e cada sede das entidades que participarem do movimento, inclusive do MCCE, em comitês de combate ao caixa 2 eleitoral”, diz.

A campanha incluirá fiscalização dos candidatos. “Vamos denunciar todos os candidatos que fizerem campanhas milionárias, desproporcionais ao valor arrecadado legitimamente de pessoas físicas e repasses do fundo partidário”, afirma Marcus Vinicius.

A conscientização dos eleitores para a moralização dos costumes políticos do Brasil também fará parte das ações nos comitês contra o caixa 2.  “O voto consciente e a participação do cidadão nos comitês de combate ao caixa 2 são essenciais a construção do país que queremos, justo e ético”, afirma o presidente da OAB.

Informativo On-line da OAB

2016/01/11

RJ: uso de animais para transporte é proibido

AGORA É LEI: USO DE ANIMAIS PARA TRANSPORTE É PROIBIDO NO ESTADO

O uso de animais de tração para transporte de materiais, cargas ou pessoas passa a ser proibido no Estado do Rio. É o que determina a lei 7.194/16, sancionada na sexta-feira (08/01) pelo governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, e publicada no Diário Oficial do Poder Executivo. De autoria do deputado Dionísio Lins (PP), a norma não se aplica aos animais utilizados em áreas rurais e turísticas. Quem descumprir a norma será penalizado de acordo com a legislação vigente relacionada a maus tratos aos animais. “É uma crueldade o que se faz aos animais, é possível ver em centros urbanos animais carregando entulho, material de construção, móveis e até mudanças completas em carroças”, explicou Dionísio. A nova legislação já está em vigor.

http://www.alerj.rj.gov.br/common/noticia_corpo.asp?num=51527