2019/10/22

Em 8 meses, assassinatos no Brasil caem 22%; mapa mostra índice nacional de homicídios atualizado até agosto

Houve 27,5 mil homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte no Brasil de janeiro a agosto de 2019; no mesmo período de 2018, foram 35,4 mil. Todos os estados registraram uma redução nos crimes. Ferramenta criada pelo G1 acompanha as mortes violentas mês a mês.

Por G1
 

2019/10/21

Caixa antecipa calendário para saques de até R$ 500 do FGTS

Novo calendário prevê a liberação para todos os saques ainda em 2019. Data limite para que o trabalhador faça o saque continua sendo 31 de março de 2020.

Por Laís Lis, G1 — Brasília
 
A Caixa Econômica Federal informou nesta segunda-feira (21) que antecipou os saques de até R$ 500 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para não correntistas do banco.
 
Com a mudança, todos os trabalhadores poderão fazer os saques ainda em 2019. O calendário anterior previa que trabalhadores nascidos de julho a dezembro só fariam os saques em 2020.
Apesar da mudança na data de início das liberações, a data limite para que o trabalhador faça o saque continua sendo 31 de março de 2020. Caso o saque não seja feito até esta data, os valores retornam para a conta do FGTS.
 
Matéria completa em:

2019/10/18

Anunciado descontingenciamento total no orçamento de universidades e institutos federais

O valor liberado para as instituições de ensino federais é R$ 1,1 bilhão.

Por Geovanna Gravia, Tv Globo
 
O ministro da educação, Abraham Weintraub, anunciou nesta sexta-feira (18) o descontingenciamento total no orçamento das universidade e institutos federais bloqueados neste ano.
Segundo o ministro, foi liberado R$ 1,1 bilhão de reaisR$ 771 milhões para universidades e R$ 336 milhões para institutos federais –, após um remanejamento interno no orçamento da pasta. O MEC não informou quais áreas perderam recursos nesta troca.
"No começo, a economia estava muito fraca", disse o ministro. "Tivemos que sinalizar para o mercado uma série de compromissos com a responsabilidade fiscal, uma boa gestão, com a reforma da previdência, a nova previdência que está terminando. E tudo isso, lá atrás, eu havia dito, e falei como economista e não como ministro, que tudo isso teria sim impacto positivo na economia, a arrecadação subiria, o nível de atividade subiria, os empregos seriam criados e a gente poderia descontingenciar", afirmou Weintraub.
 
Matéria na íntegra em:

Assinada MP de incentivo à regularização de dívidas com a União; desconto é de até 70%

Desconto poderá chegar a 70% para pessoa física e microempresa. Governo calcula que, na cobrança da dívida ativa, 1,9 milhão de devedores poderão regularizar débitos.

Por Guilherme Mazui e Mateus Rodrigues, G1 e TV Globo — Brasília
 
O presidente Jair Bolsonaro assinou, em cerimônia no Palácio do Planalto, uma medida provisória com regras para facilitar acordos entre a União e seus devedores, com o objetivo de quitar as dívidas.
 
No caso de cobrança de dívida tributária ativa, o governo informou que a MP poderá auxiliar 1,9 milhão de devedores a regularizar seus débitos com a União, que superam R$ 1,4 trilhão.
 
O cálculo do desconto vai considerar o total da dívida, mas o percentual de desconto incidirá somente sobre os acréscimos ao principal da dívida, ou seja, juros, multas e encargos. O desconto nos acréscimos não poderá superar 70% do valor original da dívida.
 
“O limitador total do desconto observa o valor total da dívida, mas, na incidência desse desconto, só pode pegar a base de acréscimos. Ou seja, na prática, pode ser um caso que não vai conseguir chegar a 70% de toda a dívida. Por quê? Porque eu não posso alcançar o principal. Como eu disse, desconto em até 70%. Quando for incidir isso, incide nos juros, multas e encargos”, explicou Cristiano Neuenschwander Lins de Morais, procurador-geral adjunto de Gestão da Dívida Ativa da União.
O desconto máximo vai depender de como a dívida é composta. Se a maior parte do débito for resultante de juros e multas, o devedor poderá receber um abatimento maior. Se a maior parte for o valor “original” do débito, o desconto tende a ser menor.
 
No caso de uma dívida total de R$ 1 mil, por exemplo, o desconto poderá chegar a até R$ 700 – desde que haja R$ 700 pendentes de juros, multas e encargos.
 
Se desses R$ 1 mil, R$ 800 forem o valor “original”, o desconto máximo ficará em R$ 200 (os 20% adicionais). O desconto não poderá incidir sobre os R$ 800 da dívida original.
 
C/ed.
 
Matéria na íntegra em:
 

2019/10/15

O STF favorecerá a impunidade?

A decisão sobre prisões em segunda instância poderá mudar a interpretação em vigor e abrir um caminho ainda mais favorável para réus culpados de corrupção se livrarem da Justiça

TOPO
Por Helio Gurovitz

 

2019/10/14

Doação de cabelos: campanha do Sicoob Fluminense dias 15 e 16

Com o tema “Seu cabelo tem mais força do que você imagina”, o Sicoob Fluminense realiza nesta terça e quarta-feiras, 15 e 16 de outubro, mais uma campanha dentro de seu programa de responsabilidade social.

Desta vez, trata-se de uma ação de arrecadação de cabelos que serão utilizados na confecção de perucas que serão direcionadas a pacientes que estão em tratamento do câncer.

Em ambos os dias, das 13 às 17 horas, uma equipe do Instituto Sawanna estará à disposição dos interessados na doação, na sede da cooperativa de crédito, na rua Dr. Siqueira, n.º 278, Parque Dom Bosco, Campos dos Goytacazes, em frente ao IFFluminense.

Através de uma outra parceria, com as profissionais de makeup  Palomma Pires e Andreza Santos, o Sicoob Fluminense vai proporcionar gratuitamente a quem fizer a doação do cabelo uma maquiagem especial.

Quem quiser participar da iniciativa mas não quiser ou não puder doar o cabelo, pode fazer a doação de um novelo de lã.

2019/10/13

Veja como ficou a oração a Irmã Dulce após a canonização

Baiana foi declarada santa neste domingo (13), no Vaticano.

Por G1 BA
 
A baiana Irmã Dulce foi canonizada na manhã deste domingo (13), em cerimônia realizada no Vaticano, e passou a ser chamada Santa Dulce dos Pobres.
 
Desde quando foi beatificada, em 2011, a religiosa já tinha uma oração oficial, que teve algumas modificações após ela se tornar santa. O trecho onde estava escrito "Bem-Aventurada" foi substituído por "santa".
 
A oração foi escrita por Dom Geraldo Majella, que era Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil quando Irmã Dulce foi beatificada, há cerca de oito anos. Dom Geraldo foi arcebispo de Salvador de 1999 até 2011. Hoje, quem ocupa o cargo é Dom Murilo Krieger.
 
Confira abaixo a oração que destaca a importância do amor aos pobres e excluídos, assim como Irmã Dulce fez em vida, mas também após a morte, ao deixar seu legado nas Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), em Salvador.
 
Oração à Irmã Dulce 
 
Senhor nosso Deus, 
lembrados de vossa filha, 
a santa Dulce dos Pobres, 
cujo coração ardia de amor por vós e pelos irmãos, 
particularmente os pobres e excluídos, 
nós vos pedimos: 
dai-nos idêntico amor pelos necessitados; 
renovai nossa fé e nossa esperança 
e concedei-nos, a exemplo desta vossa filha, 
viver como irmãos, 
buscando diariamente a santidade, 
para sermos autênticos discípulos missionários 
de vosso filho Jesus. 
Amém.

 
 
 
 

 

2019/10/10

Brasil deverá ter produção recorde de grãos na safra 2019/2020

A estimativa é do 1º levantamento feita pela Conab, divulgado hoje

Publicado em 10/10/2019 - 10:24
Por Agência Brasil* Brasília 

                  
O 1º levantamento da safra de grãos 2019/2020, divulgado nesta quinta-feira (10) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), indica que a produção brasileira está estimada em 245,8 milhões de toneladas, um aumento de 1,6%, ou seja, 3,9 milhões de toneladas a mais em relação à safra 2018/2019; um recorde.

O estudo aponta ainda que o milho primeira safra tem produção estimada em 26,3 milhões de toneladas, 2,5% acima à de 2018/19, com um crescimento de 1% na área, totalizando 4,14 milhões hectares.

O milho segunda safra, no entanto, que representa cerca de 70% do total do grão, só começará a ser plantado após a colheita da soja que, inclusive, vem mantendo a tendência de crescimento na área plantada e indica crescimento de 1,9% em relação aos números da safra anterior, com 120,4 milhões de toneladas.

A produção de feijão, devido a problemas de chuva na colheita nas safras anteriores, indica queda de 3,9% na área a ser cultivada. A cultura perde espaço para o milho e a soja, que apresentam melhor rentabilidade.

O arroz tem uma produção estimada em 10,6 milhões de toneladas, resultado 1,9% superior à safra de 2018/2019, mesmo com redução de 0,6% na área a ser cultivada, totalizando 1,7 milhão de hectares.

No caso do algodão, a Conab informou que houve um aumento de 1,2% na área cultivada, alcançando 1,6 milhão de hectares. “Para o trigo, a safra 2019 ainda não foi totalmente colhida e a projeção é que este cereal alcance cerca de 5,1 milhões de toneladas”.

Quanto à previsão da área plantada total no país, a expectativa da companhia é que sejam cultivados 63,9 milhões hectares, uma variação para mais de 1,1% em comparação à safra 2018/2019.

http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2019-10/primeiro-levantamento-de-safra-20192020-indica-producao-recorde