2014/12/18

Campos dos Goytacazes tem cinco cursos de graduação reprovados pelo MEC

Estado do Rio tem 17% dos cursos de graduação reprovados em avaliação do ano passado

Índice é superior à média nacional, de 8,7%

RIO - O ensino superior do Rio ficou bem atrás da média nacional na divulgação do Conceito Preliminar de Curso deste ano (CPC), publicado no Diário Oficial da União nesta quinta-feira (18). Nada menos que 40 cursos de um total de 232 avaliados obtiveram conceito 2 em uma escala de números inteiros que vai até cinco, resultado considerado “insatisfatório” pelo Ministério da Educação (MEC).

O CPC considera os resultados do Enade e a qualidade da infraestrutura, do projeto pedagógico e dos professores. Os cursos que forem reprovados duas vezes consecutivas, com notas 1 ou 2, na escala até 5, sofrem punições como a suspensão de seus vestibulares.

Ao todo, técnicos da pasta analisaram 3.439 cursos em todo o país no ano passado. E destes, 302 (8,7%) obtiveram conceitos 1 ou 2. Somente 70 cursos (2%) conseguiram nota máxima (5).

No Rio, apenas a graduação de Enfermagem na Universidade Veiga de Almeida obteve o conceito máximo. Dos cursos reprovados no estado, cinco pertencem a duas universidades federais. São eles:
Odontologia, Farmácia e Serviço Social da UFF no campus de Niterói, Serviço Social da UFF no campus de Campos dos Goytacazes e Serviço Social da Unirio no Rio de Janeiro.

Veja abaixo a lista completa de cursos reprovados no estado do Rio:

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO - MEDICINA VETERINÁRIA - RIO DE JANEIRO - 2

CENTRO UNIVERSITÁRIO ANHANGUERA DE NITERÓI - MEDICINA VETERINÁRIA - ITABORAÍ - 2

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE - ODONTOLOGIA - NITERÓI - 2

UNIVERSIDADE DO GRANDE RIO PROFESSOR JOSÉ DE SOUZA HERDY - MEDICINA - DUQUE DE CAXIAS - 2

CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS - MEDICINA - TERESOPOLIS - 2

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ - FARMÁCIA - CAMPOS DO GOYTACAZES - 2

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ - FARMÁCIA - PETRÓPOLIS - 2

CENTRO UNIVERSITÁRIO AUGUSTO MOTTA - FARMÁCIA - RIO DE JANEIRO - 2

FACULDADE DE MEDICINA DE CAMPOS - FARMÁCIA - CAMPOS DO GOYTACAZES - 2

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE - FARMÁCIA - NITERÓI - 2

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ - FISIOTERAPIA - MACAÉ - 2

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ - FISIOTERAPIA - NITERÓI - 2

UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA - FISIOTERAPIA - NITERÓI - 2

FACULDADE DE REABILITAÇÃO DA ASCE - FISIOTERAPIA - RIO DE JANEIRO - 2
 
FACULDADE BEZERRA DE ARAÚJO - FISIOTERAPIA - RIO DE JANEIRO - 2

CENTRO UNIVERSITÁRIO - FISIOTERAPIA - BELFORD ROXO - 2

CENTRO UNIVERSITÁRIO ANHANGUERA DE NITERÓI - SERVIÇO SOCIAL - NITERÓI - 2

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - SERVIÇO SOCIAL - RIO DE JANEIRO - 2

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE - SERVIÇO SOCIAL - CAMPOS DO GOYTACAZES - 2

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE - SERVIÇO SOCIAL - NITERÓI - 2

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - SERVIÇO SOCIAL - RIO DE JANEIRO - 2

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO - BIOMEDICINA - RIO DE JANEIRO - 2

CENTRO UNIVERSITÁRIO GERALDO DI BIASE - BIOMEDICINA - BARRA DO PIRAI - 2

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ - TECNOLOGIA EM RADIOLOGIA - NITERÓI - 2

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ - TECNOLOGIA EM RADIOLOGIA - NOVA IGUAÇÚ - 2

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ - TECNOLOGIA EM RADIOLOGIA - PETRÓPOLIS - 2

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ - TECNOLOGIA EM RADIOLOGIA - RIO DE JANEIRO - 2

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ - ENFERMAGEM - CAMPOS DO GOYTACAZES - 2

CENTRO UNIVERSITÁRIO AUGUSTO MOTTA - ENFERMAGEM - RIO DE JANEIRO - 2

CENTRO UNIVERSITÁRIO ANHANGUERA DE NITERÓI - ENFERMAGEM - NITERÓI - 2

FACULDADE DE ENFERMAGEM LUIZA DE MARILLAC - ENFERMAGEM - RIO DE JANEIRO - 2

UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA - ENFERMAGEM - CAMPOS DO GOYTACAZES - 2

FACULDADES INTEGRADAS DE JACAREPAGUÁ - ENFERMAGEM - 2

FACULDADE BEZERRA DE ARAÚJO - ENFERMAGEM - RIO DE JANEIRO - 2

CENTRO UNIVERSITÁRIO - ENFERMAGEM - BELFORD ROXO - 2

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO - NUTRIÇÃO - RIO DE JANEIRO - 2

CENTRO UNIVERSITÁRIO ANHANGUERA DE NITERÓI - NUTRIÇÃO - NITERÓI - 2

CENTRO UNIVERSITÁRIO ANHANGUERA DE NITERÓI - TECNOLOGIA EM GESTÃO
AMBIENTAL - NITERÓI - 2

UNIVERSIDADE DO GRANDE RIO PROFESSOR JOSÉ DE SOUZA HERDY - EDUCAÇÃO FÍSICA (BACHARELADO) - DUQUE DE CAXIAS - 2

CENTRO UNIVERSITÁRIO CELSO LISBOA - EDUCAÇÃO FÍSICA (BACHARELADO) - RIO DE JANEIRO - 2

http://oglobo.globo.com/sociedade/educacao/estado-do-rio-tem-17-dos-cursos-de-graduacao-reprovados-em-avaliacao-do-ano-passado-14868823


























Pezão anuncia mais dois secretários para novo mandato

Rio - Conforme antecipado pela coluna Informe do Dia , de Fernando Molica, a economista TerezaConsentino, ligada ao PT, será a nova secretária de Assistência Social. O deputado Gustavo Tutuca volta para a pasta de Ciência e Tecnologia. Ele deixou a secretaria para concorrer a uma cadeira na Alerj nas últimas eleições. Os nomes foram confirmados pelo governador Luiz Fernando Pezão nesta quinta-feira.

Teresa Cosentino foi presidenta da Fundação para a Infância e Adolescência quando o petista Rodrigo Neves, hoje prefeito de Niterói, era o titular da secretaria. Neves apoiou a candidatura de Pezão desde que foi lançada.

O PT mandava na Assistência Social até o início de 2014, quando rompeu com o PMDB. A secretaria ficou com Pedro Fernandes, do Solidariedade, que esperava voltar para o cargo.

Governador já havia anunciado outros três nomes

Na última terça-feira, o governador anunciou, durante premiação do sistema Integrado de Metas (SIM) para policiais civis e militares, outros dois nomes que assumirão seu secretariado a partir de janeiro de 2015. As informações foram divulgadas no RJTV. A deputada estadual Cidinha Campos (PDT) será a secretária de Defesa do Consumidor. Já a Secretaria de Meio Ambiente será comandada pelo deputado estadual André Corrêa (PSD).

Durante sua diplomação na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), na segunda-feira, Pezão descartou ainda a possibilidade de deixar algum cargo para o PT. O governador também divulgou o nome do recém-eleito deputado estadual pelo PMDB, Carlos Osório, para a Secretaria Estadual de Transportes. Osório é ex-secretário da pasta no município do Rio.

Novo CPC - principais mudanças

O Senado aprovou o texto principal da reforma do Código de Processo Civil.  As alterações tem como objetivo dar mais agilidade ao Judiciário. O texto ainda passará por sanção da presidente.
As principais alterações foram:
  1. Conciliação e Mediação: os Tribunais serão obrigados a criar centros para realização de audiências de conciliação. A audiência de conciliação poderá ser feita em mais de uma sessão e durante a instrução do processo o juiz poderá fazer nova tentativa de conciliação.
  2. Prazos: a contagem dos prazos será feita apenas em dias úteis e a pedido da OAB serão suspensos os prazos no fim de ano. Os prazos para Recursos serão de 15 dias e somente Embargos de Declaração terá prazo de 5 dias.
  3. Ordem Cronológica dos Processos: os juízes terão que seguir a ordem cronológica dos processos, evitando, assim, que algum seja esquecido. As prioridades já previstas em lei, como para idosos e portadores de doenças graves, foram mantidas.
  4. Respeito à jurisprudência: os juízes e tribunais serão obrigados a respeitar julgamentos do STF e STJ. O juiz também poderá arquivar o pedido que contraria a jurisprudência, antes mesmo de analisar.
  5. Multa: recursos protelatórios serão multados.
  6. Ações Repetitivas: foi criada uma ferramenta para dar a mesma decisão a milhares de ações iguais, por exemplo, planos de saúde, operadoras de telefonia, bancos, etc., dando mais celeridade aos processos na primeira instância.
  7. Ações Coletivas: casos que tratem do interesse de um grupo, como vizinhança ou ações de uma empresa, poderão ser convertidos em processo coletivo e a decisão valerá igualmente para todos.
  8. Posses: nas ocupações de terras e imóveis, o juiz, antes de analisar o pedido de reintegração de posse, deverá realizar audiência de conciliação.
  9. Ações de Família: guarda de filhos e divórcio terão uma tramitação especial, sempre privilegiando a tentativa de acordo. Poderão ser realizadas várias sessões de conciliação.
  10. Devedor: poderá ter o nome negativado se não cumprir decisão judicial.
  11. Os Atos Processuais: o juiz e as partes poderão acordar a respeito dos atos e procedimentos processuais, podendo alterar o tramite do processo.
  12. Honorários: regula os honorários de sucumbência. Serão devidos honorários advocatícios também na fase de recursos e cria tabela para causas contra o governo.

O projeto ainda irá à sanção presidencial e é possível que alguns pontos sejam vetados, hipótese, aliás, mencionada expressamente pelos Senadores durante a sessão plenária.

Após a sanção - aí sim - teremos uma lei (o novo CPC), mas ainda sem eficácia, pois se prevê vacatio legis de um ano.

Veja mais em:
http://rodrigozveibel.jusbrasil.com.br/artigos/158655907/novo-cpc-principais-mudancas?utm_campaign=newsletter-daily_20141218_457&utm_medium=email&utm_source=newsletter

http://denisdonoso1.jusbrasil.com.br/noticias/158678657/bem-vindo-novo-cpc?utm_campaign=newsletter-daily_20141218_457&utm_medium=email&utm_source=newsletter

http://dellore.jusbrasil.com.br/artigos/158316666/aprovacao-de-parte-do-ncpc-no-senado-conheca-o-texto-aprovado?utm_campaign=newsletter-daily_20141218_457&utm_medium=email&utm_source=newsletter

PF acha lista de supostos funcionários fantasmas na Prefeitura de Itaguaí

Agentes suspeitam que funcionários eram indicados por vereadores. População comemora com fogos a ação da polícia

Rio - Agentes da Polícia Federal estão desde o início da manhã desta quinta-feira na sede da Prefeitura de Itaguaí, na Região Metropolitana, deflagrando a Operação Gafanhoto. Os policiais encontraram uma lista de supostos funcionários fantasmas, que traria um prejuízo aos cofres públicos de R$ 1,5 milhão por mês. A PF investiga se a nomeação desses funcionários foi feita após indicações de vereadores.

Uma das suspeitas é que casa parlamentar teria direito de indicar até 30 funcionários fantasmas para o município. As investigações apontam também que com licitações fraudulentas, contratos irregulares, "laranjas" e funcionários fantasmas, a prefeitura gaste R$ 10 milhões por mês.

O objetivo da operação é desarticular uma quadrilha que atuava na prefeitura desviando verbas públicas. Segundo a PF, o grupo seria liderado pelo prefeito Luciano Mota, que ainda não foi localizado pelos agentes. Os policiais cumprem 11 mandados de busca e apreensão e cinco mandados de condução coercitiva em outros municípios além de Itaguaí, como Mangaratiba e Niterói.

Em Mangaratiba, os policiais foram até na casa da mãe do prefeito. As buscas, de acordo com a Polícia Federal, visam localizar e apreender documentos, valores de origem ilícita e bens móveis adquiridos com o dinheiro desviado.

Além do prefeito Luciano Mota, a quadrilha, segundo a PF, envolve três secretários municipais (Assuntos Extraordinários, Transportes e Turismo) e um gerente de empresa de coleta de lixo que presta serviço na região. Moradores do município comemoraram a ação dos policiais com fogos de artifício.

Em setembro, a Polícia Federal já havia apreendido uma Ferrari, avaliada em cerca de R$ 1,5 milhão, que era usada pelo prefeito. O luxuoso carro, modelo 458 Itália, seria um dos indícios de desvio de verba pública que está sendo investigado no inquérito 0345/2014. Herdeiro de um areal, Luciano, segundo sua assessoria, alugou o carro no ano passado e o teria devolvido em dezembro.

Em março do ano passado, o Tribunal de Contas do Estado pediu explicações ao prefeito sobre o aluguel de 185 carros para o município. A locação chegava ao valor de R$ 7,1 milhões por ano. Com toda esta quantia, calcula-se que era possível adquirir 200 carros populares.

Christina Nascimento
http://odia.ig.com.br/noticia/rio-de-janeiro/2014-12-18/pf-acha-lista-de-supostos-funcionarios-fantasmas-na-prefeitura-de-itaguai.html


Polícia Federal na prefeitura

Polícia Federal realiza operação na sede da Prefeitura de Itaguaí

De acordo com as investigações, prefeito Luciano Mota é acusado liderar uma quadrilha que desviava verbas públicas

Rio - Agentes da Polícia Federal realizam na manhã desta quinta-feira uma operação na sede da Prefeitura de Itaguaí, na Região Metropolitana. O objetivo é desarticular uma quadrilha que atuava na prefeitura desviando verbas públicas. Segundo a PF, o grupo seria liderado pelo prefeito Luciano Mota. Os policiais cumprem 11 mandados de busca e apreensão e cinco mandados de condução coercitiva em outros municípios além de Itaguaí, como Mangaratiba e Niterói.

Em Mangaratiba, os policiais foram até na casa da mãe do prefeito. As buscas, de acordo com a Polícia Federal, visam localizar e apreender documentos, valores de origem ilícita e bens móveis adquiridos com o dinheiro desviado. Além do prefeito Luciano Mota, a quadrilha, segundo a PF, envolve três secretários municipais e um gerente de empresa de coleta de lixo que presta serviço na região.
 
Em setembro, a Polícia Federal já havia apreendido uma Ferrari, avaliada em cerca de R$ 1,5 milhão, que era usada pelo prefeito. O luxuoso carro, modelo 458 Itália, seria um dos indícios de desvio de verba pública que está sendo investigado no inquérito 0345/2014. Herdeiro de um areal, Luciano, segundo sua assessoria, alugou o carro no ano passado e o teria devolvido em dezembro.
 
Em março do ano passado, o Tribunal de Contas do Estado pediu explicações ao prefeito sobre o aluguel de 185 carros para o município. A locação chegava ao valor de R$ 7,1 milhões por ano. Com toda esta quantia, calcula-se que era possível adquirir 200 carros populares.

Christina Nascimento                  
http://riodejaneiro.ig.com.br/?url_layer=http://odia.ig.com.br/noticia/rio-de-janeiro/2014-12-18/policia-federal-realiza-operacao-na-sede-da-prefeitura-de-itaguai.htm

2014/12/16

Reformas nas delegacias de Campos

O coordenador do programa de Delegacias Legais do Estado, César Campos, esteve, no início desta tarde, na Delegacia de Guarus, onde recebeu a comitiva de Campos, liderada pela OAB, e anunciou a inclusão das duas unidades da Policia Civil do Município na programação de reformas no primeiro semestre de 2015. "As duas delegacias passarão por reformas e para isso já temos recursos do Banco do Brasil".

César Campos acredita que o trabalho efetivo deve começar na segunda quinzena de janeiro próximo e confirmou que a iniciativa é do próprio Governador Luiz Fernando Pezão, depois de discutir uma série de medidas para minorar o problema da violência, com o Forum Social de Campos.

O coordenador foi acompanhado pelas entidades que compõem a representação da sociedade na luta pela pacificação.

Fonte:
http://blogfernandoleite.blogspot.com.br/

Da série "Rir numa hora dessas?" II

Se você é um apaixonado por filmes de terror, prepare-se: em breve, nas telas da  planície formosa e intrépida amazona, a estreia de "IPTU - ataque mortal".

Da série "Rir numa hora dessas?"

Entreouvido aos sussurros  nos corredores de uma prefeitura de uma importante cidade do interior do RJ:
"Acabou o milho, acabou a pipoca!".

Será?